Pão de Queijo - Curiosidades Sobre a Iguaria

O pão de queijo, conhecido por ser mineiro, é adorada no Brasil. Mas você sabe como ele surgiu? Confira no blog!

Por: Padeirito

Símbolo da gastronomia mineira e amado por muita gente, o pão de queijo é um dos quitutes mais apreciados do Brasil. Sua textura e sabores são inigualáveis, e quem come um não consegue mais parar. Essa bolinha feita basicamente de polvilho azedo e queijo é recheada de curiosidades. Hoje, te contamos algumas: 

 

1. Muito sabor, nada de glúten: a receita tradicional do pão de queijo não possui glúten, pois é composta apenas por polvilho, ovos, óleo, leite, água e queijo. Isso tem 2 ótimos benefícios: possibilita que mesmo pessoas com algum tipo de restrição alimentar possam se deliciar e também quem quer evitar esse controverso ingrediente pode comer à vontade.

 

2. A origem do pão de queijo está relacionada com o século XVIII, mas, de acordo com pesquisadores da área, não é possível especificar exatamente a data em que ele surgiu. Tudo indica ele nasceu acidentalmente de uma adaptação do biscoito de polvilho, substituindo ingredientes e acrescentando o queijo como astro da receita. Com o tempo, a receita foi se aprimorando e recebendo novos ingredientes e sabores. O trigo passou a ser utilizado somente depois do século XX, quando ele passou a ser divulgado. Antes, os derivados da mandioca faziam seu papel.

 

3. Na Colômbia, um produto muito similar ao pão de queijo, exceto pelo formato mais tradicional (achatado), é o pan de bono ou pandebono. Assim como o pão de queijo, o pandebono possui textura esponjosa, de baixa densidade, e que endurece em pouco tempo, características que se atribuem ao polvilho azedo, conhecido no país como almidón de yuca fermentado e que é obtido em um processo idêntico ao empregado no Brasil. O Paraguai e as províncias argentina de Misiones e Corrientes também possuem uma variação do pão de queijo, chamada de chipa, nome que também é utilizado no estado de Mato Grosso do Sul. A diferença da chipa para o pão de queijo é seu formato em “U”. 

 

4. É saudável: verdade. Pouca gente sabe disso, mas o pão de queijo contém sais minerais, água, carboidrato, proteínas, lipídios e vitaminas. Todos esses ingredientes fazem dele um alimento nutricionalmente equilibrado.

 

5. Ele tem um dia só dele: sim. Dia 17 de agosto é comemorado o Dia Nacional do Pão de Queijo. Esse dia foi escolhido no ano de 2007, por ser a data da etapa final de um concurso de culinária que elegeria a melhor receita de pão de queijo do país. O concurso foi exibido pelo programa Mais Você, da Rede Globo, e foi tão concorrido que acabou consagrando do dia da final como dia Nacional do Pão de Queijo. Muito legal, né? Você pode aproveitar a data comemorativa como um gancho para as suas vendas. 

 

6. Você pode adaptar a receita de acordo com a sua criatividade: o pão de queijo pode ser feito de diversas maneiras sem perder seu gostinho delicioso. A receita pode levar leite, água ou uma mistura dos dois. A gordura funciona como um lubrificante molecular, contribuindo para a textura elástica da massa. Pode ser utilizada gordura de banha de porco, manteiga ou óleo.


Tags: padeirito, confeitaria